sábado, 21 de maio de 2011




Por medo das partidas, tem gente que não deixa ninguém chegar.

                       (Lucas Silveira) 

3 comentários:

  1. É um medo de não querer, de não querer antes mesmo de ter, antes mesmo de não ter mais após ter. É um medo de doer.
    É um medo com bastante sentido, se formos pensar assim.

    Adorei a postagem. :)

    ResponderExcluir
  2. *-*

    Tem selinho pra vc no meu blog..

    Beijos meus.
    Patrícia Oliveira

    http://momentosdapathy.blogspot.com/2011/05/100-seguidores.html

    ResponderExcluir
  3. é que toda partida deixa marcas que não partem nem tão cedo.

    ResponderExcluir